Monday Tracks #23 e #24 e trabalho na Alemanha

UNSPECIFIED - UNDATED: In this handout image made available on March 1, 2007 by MTV, members of the band Red Hot Chilli Peppers poses for a portrait shoot. Red Hot Chilli Peppers were announced as one of the nominees for the MTV Australia Video Music Awards 2007, which take place in Sydney on April 29 at the Acer Arena.  (Handout Photo by MTV/Getty Images)
Handout Photo by MTV/Getty Images

Aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!

Segunda de novo! Que lindo! Que alegria!

* Nossa, Pam! Quanta animação numa segunda-feira que foi nublada e seguida pelo fim da temporada de Game of Thrones!*

Mas a razão é uma só e a mesma que fez eu me ausentar das redes sociais nos últimos dias:

TÔ TRABALHANDOOOOOOOOOOOO!

Já no começo do ano eu já tinha começado a mandar alguns currículos por aqui e não havia sido respondida .

Regularmente recebo e-mails ou perguntas na página do blog perguntando como se faz ou como é arrumar emprego por aqui.

A resposta é muito simples: Difícil como em qualquer lugar do mundo.

Quando a gente muda de país e tem que recomeçar a vida literalmente do zero, é muito difícil se sentir confiante o suficiente pra brigar num mercado de trabalho até então desconhecido.

Pelo menos no meu caso, a insegurança era até então o meu principal empecilho.

Fosse no idioma, na falta de formação, no próprio desconhecimento de direitos trabalhistas e o principalmente o medo de ter um tratamento diferenciado ( e nisso digo pior) por ser imigrante.

A dica que eu dou pra quem tem dúvidas sobre o assunto é: procurar, procurar um pouco, procurar mais ainda, ter um visto de permissão de trabalho e não se deixar abater!

Vagas em aberto existem aos montes, mas o complicado mesmo é achar uma que  você se sinta confiante em se candidatar e principalmente em  manter-se nela.

Não posso dizer que existe uma regra ou um passo a passo eficaz pra conseguir arrumar trabalho por aqui, até mesmo porque as variáveis são muitas.

Mas quanto melhor for o seu conhecimento do idioma, maiores serão as chances de conseguir uma vaga bacana.

Quando cheguei aqui fiz tarefas bem simples: faxina, ajudante de cozinha, babá.

Todas razoavelmente bem remuneradas e nem de longe vistas com desdém pelas pessoas, ao contrário de algumas cabecinhas do Brasil, que quando eu contava o que fazia já colocavam logo uma carinha de bunda em cena.

Mas aqui com os “Limões” o que realmente conta é que você tenha uma ocupação e não importa realmente qual seja, sendo esse  inclusive o primeiro assunto citado em qualquer conversa que se tem por aqui.

*O que você faz? Qual a sua ocupaçao?*

Mas até pra isso, você precisa ter um conhecimento pelo menos básico da língua.

Um resumo muito mais completo dessa experiência em busca de um trampo em terras germânicas tá nesse vídeo aqui embaixo do Canal Alemanizando, onde eles explicam realmente todos os detalhes de como funcionam as coisas por aqui nesse quesito.

 

E voltando pro meu novo trabalho, eu escolhi a música da semana justamente pensando nele, já que eu não só arrumei um ganha pão, como também realizei um sonho de infância, que era trabalhar num parque de diversões.

E não é um parque qualquer não, é simplesmente o oitavo maior parque de diversões e resort da Europa.

Hoje completo exatamente uma semana de parque, o que até agora rendeu muita risada, muito desespero pra me localizar dentro dele, um treinamento que incluiu passar uma manhã andando nos brinquedos e o alivio de ter finalmente uma graninha pintando no final do mês,como também a acerteza de muitos impostos sendo descontados sem dó pelos cofres da Dona Merkel!

Mas tudo bem, tô feliz por essa parte também, afinal de contas isso me faz finalmente uma cidadã colaboradora nessa terra de gigantes.

Lá no parque o meu trabalho é fazer atendimento aos clientes, vendas, resposição de mercadorias e também susbstituição dos caixas quando os mesmos tiram hora de almoço.

Isso faz com que eu tenha que andar o parque inteiro o tempo todo, já que as lojas ficam em partes separadas. Mas também faz com que eu me divirta muito e sempre possa ver o pessoal aproveitando o dia também.

Até agora minha função favorita é ficar nas lojas das montanhas russas e vender aquelas fotos maravilhosas ( só que não) que a gente pode comprar no final. Tipo essa:

182811_10151434524031517_1856861238_n

Mesmo sendo um trabalho quase exaustivo, eu confesso que tô muito feliz em ter a  oportunidade de fazer parte de algo tão grande e ao mesmo tempo importante, já que a visita ao parque é muitas vezes a realização de um sonho de muito tempo para alguns visitantes.

E tem coisa melhor que trabalhar num lugar que faz tanta gente feliz?

Pra coroar meu amor pelas montanhas russas, hoje eu dou o play com Red Hot Chili Peppers com Love Rollercoaster pra encerrar essa segunda e dar o nosso start semanal com musiquinhas legais!

Um beijo bem grande pessoal e até mais ( provavelmente com o post da Holanda que eu fiquei devendo)! Esqueci não, rá! Hahahahahha

 

* O Monday Tracks é uma blogagem coletiva criada pelo blog Idéias Sortidas*

 

 

Anúncios

Temporada cor de rosa: A magia das Cerejeiras de Bonn

Em meados de abril a cidade inteira pára para apreciar o espetáculo de cores que a primavera reserva aqui na cidade de Bonn. E a cor é o rosa.

Turistas e moradores literalmente invadem o centro histórico, o Altstadt, e aproveitam a chance de acompanhar o florescer das centenas de cerejeiras que enfeitam as principais ruas do bairro.

Eu trabalho em uma das ruas e posso confessar que espero ansiosamente por esse momento  o ano todo, desde que nos mudamos pra cá.

E quando elas florescem, até saio de casa mais cedo, só pra poder apreciá-las o máximo possível.

Mais ou menos na terceira semana de abril, é quando acontece essa explosão de flores, enchendo as ruas de cores, aromas e também muita beleza.

As cerejeiras foram plantadas em 1984,  como uma tentativa simples de arborizar o local, melhorar a qualidade de vida e por consequência trazer mais moradores para o bairro.

E funcionou! Pois o Altstadt é um dos redutos mais bacanas da cidade.

Não só na época das cerejeiras, mas também por concentrar grande parte dos barzinhos, Cafés,restaurantes, ateliês e brechós muito charmosos .

Esse fenômeno das Cerejeiras de Bonn já é presença garantida como uma das principais atrações  da cidade em vários guias de viagem e está inclusive listado entre ” Os dez túneis de árvores mais bonitos do mundo”.

Claro, que uma coisa linda dessa atrai muitos visitantes e principalmente amantes da fotografia, sejam eles profissionais ou não.

Mas uma coisa é preciso dizer: é muito difícil conseguir uma boa foto, quando centenas de outras pessoas fascinadas por um mesmo lugar também disputam um espacinho e por uma chance de conseguir uma foto perfeita. Por conta disso muitas vezes rolaram até uns barraquinhos, viu? Mas nada demais.

Existe até um campeonato de fotos organizado especialmente para essa ocasião e um site que noticia todos os acontecimentos do Altstadt, para que os visitantes e moradores não fiquem por fora de nenhum evento. O site é esse aqui.

Como me considero parte desse time dos loucos por fotos ( mas não do povo bate boca, hein), lógico que tentei fazer umas fotos bem legais dessa festa da primavera tão linda, mas que dura tão pouco, que faz as imagens se tornarem uma lembrança bem bonita para aqueles que puderam presenciar.

Ainda não são as fotos que eu esperei um ano pra fazer *suspiro*, maaaaas espero que vocês gostem e que sintam pelo um pouquinho dessa onda rosa que enfeitou a cidade nas últimas semanas.

E ano que vem, eu e$pero ter uma câmera melhorzinha e ser mais sagaz na escolha de horário e lugares pra fazer as fotos! ❤

blog0005 blog004

blog18blog13blog003blog22blog23blog33blog10blog002blog25blog12blog11blog28blog29blog21blog32blog34

 

 

 

Monday Tracks #17 #18 #19

top dez dos radiohead.html

Nossa! Quanto número num título só!

Oi pessoas que eu amo! Alles klar?

Bão, pra quem acompanha a page do blog ( quem não acompanha pode ir lá curtir porque é pobre, mas é limpinha) sabe que estou numa fase da vida onde como diriam os Mamonas assassinas ” se Der uma chuva de Xuxa no meu colo cai Pelé” e passei as últimas duas semanas com o braço engessado por conta de tendinite.

* toca o Pablo da sofrência aí, dêjota*

Com o perdão de vocês: QUE BOSTA!

Há menos de um mês tava entrando a faca e agora lá estava eu toda trabalhada nas enfermidades e impossibilitada de curtir a vida adoidada e fazer minhas presepadas na internet. Isso porque eu nem consegui terminar ainda o post contando como foi minha estadia no hospital né?

Mas tudo bem porque pelo visto sempre haverá um capítulo novo pra escrever, pelo menos nesse quesito.

Tô pensando até em inaugurar uma série contado essa minha vida hospitalar. O que vocês acham?

 

Grey_s_Anatomy_Cast__2_
Eu sou a rainha Suprema do Photoshop! No inveja, please! hahahahaha

 

 

Eu não sou uma pessoa que gosta muito de focar nas reclamações da vida, da sorte ou do azar, e de ver o copo mais vazio do que cheio,mas confesso que esse ano de 2015 tá muito cagado complicado!

Tudo dando errado antes mesmo de começar e a saúde sempre falhando e me deixando em casa de molho e cheia de coisa pra pensar. Uma coisa que eu detesto, já que sou hiperativa e não nasci pra ficar à toa.

Aí sim eu apelo pras músicas tristes e fico aqui resmungando e tirando umas horinhas pra ter pena de mim mesma, afinal de contas eu também sou gente, né?

Quem é que não se sente o cocô do cavalo do bandido de vez em quando, né? Acontece …

Mas pra não deixar ninguém deprimido ( porque aqui é só alegria) eu escolhi uma música só pra representar essa sofrência momentânea das últimas semanas e a partir de semana que vem a playlist volta a ter faixas mais alegres, pois dias melhores com certeza virão!

Por hoje vamos de Radiohead com Fake Plastic Trees, que é aquele tipo de música que faz até o Chuck Norris montado num tubarão e segurando dinamite dar umas choradinhas.

 

 

 

 

 

 

* O Monday Tracks é uma blogagem coletiva criada pelo blog Idéias Sortidas*