Willkommen ao proletariado

Tenho uma novidade pra contar pra vocês: Eu tô trabalhando!

Aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!

Já tem pouco mais de um mês na verdade, mas decidi esperar um pouquinho pra contar, porque não sabia se tudo ia funcionar direito e tudo mais.

Afinal, pensem comigo! Eu venho, digo que tô trabalhando e dois posts depois conto que tô desempregada de novo, seria meio trágico né?

Mas até agora mais ou menos tem dado tudo certo nos trabalhos! Sim, no plural!

O marido dela também tem dois empregos! o/
O marido dela também tem dois empregos! o/

Todo mundo que me pergunta como é pra arrumar um trabalho aqui na Alemanha, eu sempre dou a mesma resposta: Fácil, mas depende muito do que você almeja!

Ser imigrante, implica muitas vezes em ter trabalhos que você normalmente nem pensaria em procurar no seu país. Por exemplo, dos dois empregos que eu tenho hoje, o primeiro que eu arrumei foi como Putzfrau, nossa boa e querida diarista. Quando conto pra algumas pessoas do Brasil, é meio que claro que eles ficam surpresos com a minha nova função, não por preconceito, nem nada, mas acho que não condiz muito com a imagem  de vida na Europa que a maioria das pessoas tem, eu não sei.

Eu sempre trabalhei com vendas no Brasil e seria automaticamente algo que eu procuraria aqui se tivesse oportunidade, mas de acordo com os parâmetros alemães eu não tenho qualificação profissional para exercer essa função, pois toda e qualquer profissão aqui exige formação e especialização profissional  ( normalmente Ausbildung, que dura geralmente 3 anos) e depois uma constante reciclagem e cursos de aperfeiçoamento.

E isso vale não só para área de vendas, mas também para babás, pintores, marceneiros e a maioria das profissões que não exigem Ensino Superior.

Voltando as faxinas, eu consegui esse bico através de uma amiga do curso de alemão que já trabalhava para essa família e não poderia mais continuar justamente para fazer sua própria Ausbildung como Cuidadora de idosos.

Foi tudo muito rápido. Fui até o apartamento, conheci a família e na semana seguinte já estava trabalhando.

O serviço é simples.Eu vou uma vez por semana e tenho três horas pra limpar tudo enquanto a família está fora. Tudo na casa é muito organizado e muitas vezes confesso que até dou uma enrolada pra ficar lá as três horas combinadas e receber o dinheiro direitinho.

A dona da casa é uma americana com origens chinesas, muito simpática e extremamente informal e todas as vezes que nos encontramos sempre me cumprimenta, me abraça e agradece pelo meu trabalho.

Seu marido é alemão e  um conhecido comediante aqui na região e igualmente muito simpático e gentil e eu tenho que dizer que diferente da esposa, toda a parte trabalhosa do meu trabalho fica por conta dele, que sempre deixa muita coisa espalhada pela casa. Ainda bem, porque graças a essas coisas que eu tenho esse emprego!

Bom, meu segundo trabalho é num restaurante de comida asiática de uns conhecidos vietnamitas nossos. Eu já estava meio que desesperada pra trabalhar quando criei coragem de ir lá e perguntar se tinha uma vaguinha livre e rapidamente eles arrumaram um lugarzinho pra mim.

Eu trabalho três vezes por semana com os horários mais loucos que se possa imaginar, porque sempre tenho hora para entrar, mas pra sair, só com as graças de Odin!

Trabalho no caixa, reponho material do restaurante ( copos, talheres, etc), limpo as mesas quando os clientes saem e além disso tudo ainda cozinho um pouco, mas normalmente só os pratos ” essencias” que são arroz e macarrão frito ( tipo Yakissoba) pois esses são os que têm mais saída e nunca podem ficar com os recipentes vazios.

Os outros complementos ficam sob responsabilidades dos cozinheiros ( todos asiáticos) que cozinham coisas tão gostosas e bonitas, que eu espero ter oportunidade de fotografar e mostrar pra vocês aqui.

Somos todos estrangeiros ( Tibet, Vietnã,Bangladesh,Indonésia,Romênia, Egito e etc), de culturas completamente diferentes e com apenas o nosso pobre alemão pra nos ajudar na comunição e isso em um mês já rendeu uma série de problemas no meu novo cotidiano, mas também uma leva de situaçoes engraçadas e divertidas.

O clima de trabalho é bem amistoso, mas como os donos e a maioria dos empregados são asiáticos, existe muita cobrança por perfeição, disciplina e ordem. Tudo tem que ser exatamente do jeito que  pedem e quando você faz muitas perguntas ou tem muitas dúvidas, eles rapidamente perdem a paciência com você – aprendi isso já no primeiro dia e hoje mesmo que eu não saiba, eu não pergunto mais.

Isso me ajudou a contornar um pouco essa questão, pois como prezam muito por qualidade, sempre que tô fazendo algo de uma forma errada, eles me socorrem e me explicam com a maior paciência o que eu tenho que fazer pra sair tudo certo.

Só que eu erro de propósito só pra não ter que perguntar e levar um fora! Rá! Espertalhona eu!

Hoje eu posso dizer que finalmente estou integrada nesse país, eu tenho dois empregos modestos, porém honestos que permitem uma liberdade financeira e pessoal bem mais ampla do que eu tinha quando cheguei aqui.

Claro que não quero trabalhar fazendo faxina e cozinhando o resto da vida, mas esse é apenas o primeiro degrau que consegui escalar nessa terra nova e tenho me sentido bastante vitoriosa a cada dia que passa.

E no futuro, quem sabe, terei outras novas conquistas profissionais e pessoais pra dividir por aqui também com vocês. Agora eu tenho que ir, pois hoje tô cobrindo folga e tenho muito macarrão pra fazer e clientes pra atender!

E graças aos deuses por isso!

Bom domingo pra vocês, uma excelente semana de trabalho pra nós e pra você que tá na sua terra ou numa terra distante mas ainda não tem trabalho, não desista!

Tudo acontece na hora certa e a sua hora vai chegar também!

Talvez nem todo mundo...
Talvez nem todo mundo…
Anúncios

13 comentários sobre “Willkommen ao proletariado

  1. Silvia 12 de janeiro de 2014 / 14:58

    Que legal!! Como vc disse é o primeiro degrau e eu tenho certeza q vc subirá rapidamente porque vc é muito positiva em tudo!!! Continuo torcendo por vc!!
    Beijão!!

    Curtir

    • pammiksch 14 de janeiro de 2014 / 20:31

      Brigada pela torcida sempre, Silvia!
      Tá tudo indo devagar, mas tá indo e isso que importa!!
      Beijos

      Curtir

  2. Ana 12 de janeiro de 2014 / 16:33

    Ai Pam, que post mais cheio de felicidade, super alto astral!!! Estou muito feliz por você! E que isso seja apenas o começo! Com o seu empenho e força de vontade, você ainda vai subir muitos, muitos degraus! Pude sentir sua felicidade de perto! Deus te abençoe sempre, querida!
    Grande beijo
    Ana

    Curtir

    • pammiksch 14 de janeiro de 2014 / 20:35

      Ai amiga, eu tô cansada , mas tô satisfeita!
      Já tenho um dindin pra fazer umas graças, ajudar em casa e me ajudar( creme, esmalte, etc), o que também é importante, né?
      Fico sempre muito feliz de dividir as coisas boas aqui e depois ler seus comentários lindos!
      Brigada pela força que você me dá sempre!
      Mal posso esperar pra gente se encontrar! Vamos planejar! *-*
      Um beijo e abracão beeeem apertado!

      Curtir

  3. zoovox 12 de janeiro de 2014 / 17:49

    Parabéns Pamena, tem que se comecar por algum lugar, os mais simples pode crer sao os melhores, entao eu acho bem melhor trabalhar em um lugar que a turma e misturada, boa sorte nessa nova etapa!!!!!!!

    Curtir

    • pammiksch 14 de janeiro de 2014 / 20:37

      Brigada, Fabi!
      Eu também acho que é assim que a gente começa!
      Devagar, na simplicidade, subindo um pouco de cada vez e aprendendo bastante no caminho!
      Brigada pela torcida, fico muito feliz de poder dividir isso aqui no blog e principalmente com vo^ce que me acompanha desde o comecinho!
      Muito obrigada mesmo!
      Beijos

      Curtir

  4. zoovox 12 de janeiro de 2014 / 18:38

    ops sorry quis dizer Pamela!!!!

    Curtir

  5. jairasmelo 13 de janeiro de 2014 / 14:22

    Oi Pamela, que maravilha ver essa ótima notícia assim de cara na segunda hahaha. Me alegra muito saber disso, me faz pensar mais positivo tbm que a qualquer momento vou conseguir meu emprego tbm, super me entusiasmou hahaha. Toda sorte para ti nessa sua nova jornada…Felicidades querida!!!! 🙂 beijinhos

    Curtir

    • pammiksch 14 de janeiro de 2014 / 20:38

      Claro que você vai conseguir, minha linda!
      O que nao pode é desanimar e tudo vai dar certo!
      Tô aqui torcendo muito por você! Sempre!
      Brigada pelo carinho e pela torcida!
      Muitos beijos

      Curtir

  6. Cassia 13 de janeiro de 2014 / 19:10

    Puxa parabens, espero que fique sempre melhor…..

    Curtir

    • pammiksch 14 de janeiro de 2014 / 20:40

      Brigada, Cassia!
      Eu espero que sim também!XD
      Muitos beijos

      Curtir

  7. Vânia 5 de fevereiro de 2014 / 22:09

    Pam parabéns por essa conquista! Senti tanta felicidade em suas palavras que me encheram de positividade. Não importa o quão simples seja o seu trabalho, mas sim o quanto você está feliz e que sua consciência esteja tranquila quando deita sua cabeça no travesseiro todas as noites. Isso sim é importante!
    Só posso desejar SUCESSO e que muitas portas se abram este ano para ti.
    Um grande beijo no seu coração.

    Curtir

    • pammiksch 10 de fevereiro de 2014 / 20:11

      Brigada minha linda!
      Quando a gente se encontrar vou fazer um rodízio de comida asiática!!! Hahahahha
      Amém, que seja um ano incrível pra nós!
      Beijos

      Curtir

Fala que eu te escuto ( e respondo também)!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s