Na Panela: Moqueca para iniciantes

Oi galerä! Tudo bom por aí?

Aqui no lado germânico tá tudo certo, exceto pela correria para terminar o curso de alemão.

Tô preparando um post bem bacana contando como funciona o curso para imigrantes, as coisas que eu tenho aprendido e umas dicas pra facilitar o aprendizado. Aguardem que vai ser bem legal!

Hoje no entanto, vim compartilhar mais uma receita com vocês, já que eu tinha prometido aqui, que assim que obtivesse mais sucesso nas minhas ” tentativas de delícias” viria correndo contar!

Bão, o prato de hoje é um dos meus favoritos da culinária da nossa terrinha e pra mim particularmente cheio de lembranças boas : Moqueca de peixe com camarão.

Moqueca dizem que é um prato original do Espírito Santo que ganhou uma variação baiana, mas também já ouvi dizer que é um prato tradicional baiano, que tem uma versão capixaba e por um acaso também uma versão paraense.

A origem exata ninguém sabe, mas o que realmente importa é que esse cozido de peixe e frutos do mar, encanta até mesmo o paladar mais exigente! Não tem como não amar Moqueca, é coisa linda de Deus!

Eu que sou filha de Capixaba ( beijo, mainha!) cresci degustando essa maravilha, que minha mãe sempre preparava com todo carinho pra mim nas minhas férias.

E até hoje quando eu como Moqueca, me vem logo um monte de lembranças daquela época maravilhosa. Tipo aquele flashback do Ratatouille, sabe?

Dizem que o que difere a Moqueca baiana da capixaba é o azeite de dendê, que aqui na Alemanha  é conhecido como Palmöl.

Eu encontrei facilmente em lojas africanas e brasileiras, mais precisamente em Colônia e paguei apenas 2,60 pela garrafinha, que vai render tranquilamente umas duas ou três receitas.

Na Moqueca capixaba ( que eu saiba ou nas receitas que eu li) Não se coloca dendê, apenas na baiana.

Eu já tentei várias vezes fazer Moqueca em casa, sempre  sem dendê e com outras receitas, que nem sempre me deixaram satisfeitas, fosse pelo resultado ou pelo grau “dificultoso da coisa”.

Mas depois de vários experimentos e várias receitas diferentes, eu meio que adaptei um pouco de cada coisa e cheguei no meu próprio modo de preparo, que eu espero que dê certo aí pra vocês também!

Nós vamos fazer a Moqueca baiana ( com dendê) e não a Capixaba, porque eu acho que tem um tchan a mais!

Minha mãe me xingando em 3,2,1…

Então! Bora fazer!

Ingredientes :

– 1Kg de filés ou postas de peixe de carne branca ( Aqui eu usei filé de Seelachs, porque postas você não acha e quando acha é muito caro)

– 500 g de camarão

– 2 cebolas grandes ( uma picada e outra cortada em rodelas)

– 2 dentes de alho grandes amassados

– 3 Tomates cortados em rodelas

– 3 Pimentões( verde, amarelo e vermelho) cortados em rodelas

– Molho de tomate à gosto

– 8 colheres de azeite de dendê

– 1 garrafinha ( ou lata aqui na Alemanha) de leite de côco

– Coentro ( Koriander aqui na Alemanha, só achei no Rewe) picado à gosto

– Sal, pimenta do reino e suco de Limão para temperar o peixe e os camarões.

* Tempo de preparo : No máximo 30 minutos! Superrapidão!

*Antes de qualquer coisa, lave muito bem os camarões e os peixes, viu?

Primeiro passo da Moqueca é temperar o peixe e os camarões com suco de limão, sal e pimenta.

Deixe os bonitos descansando e marinando por pelo menos 15 minutos, mas não deixe muito mais do que isso porque o limão pode ” cozinhá-los”.

SAM_8865

SAM_8866

Em uma panela grande ( se for de barro então, maravilha) coloque 3 colheres de azeite de dendê e frite a cebola cortada em quadradinhos.

Quando a mesma estiver bem dourada, acrescente os ” dentes de alho e frite mais um pouco.

SAM_8878

Agora nós vamos começar a “montar” a Moqueca, e isso requer um pouco de paciência nervos de aço e fé que tudo vai dar certo. 

As primeiras vezes que eu fiz, nunca respeitei a regra de que esse prato é nada menos que camadas de ingredientes, que vão ficar ali juntinhos cozinhando e que você NÃO PODE MEXER NELES durante esse processo.

Ou seja, todas as outras vezes ficou tudo feio, bagunçado, um horror!

Mas agora eu aprendi, e já tô passando os paranauês pra vocês não cometerem os mesmos erros que eu para que a sua Moqueca também dê certo! De nada!

SAM_8869

SAM_8870

Corte todos os coleguinhas e já deixe todos prontos para começarmos então com as nossas ” camadas”.

SAM_8879

Em cima da cebola e do alho que estavam ali fritando, nós colocamos as primeiras rodelas de tomate.

SAM_8880

Depois uma camada de cada cor de pimentão, ali tem uma camada de vermelho, amarelo e verde, respectivamente.

Peixinhos
Peixinhos

Com os legumes por baixo ( Tomate é fruta mesmo?!) vamos colocar os filés de peixe por cima da caminha que preparamos pra ele.

Por que colocamos o peixe no meio?

Porque das outras vezes que eu coloquei o peixe primeiro, direto no fundo da panela, ele cozinhou demais e nao ficou do jeito que eu queria. Desse jeito, os legumes vão refogar e com a água que eles soltam o peixe será cozido!

SAM_8883

Agora por cima do peixe, vamos colocar uma camada com a cebola cortada em rodelas e o restante dos pimentões. O peixe tinha caminha, agora tem cobertor também! Eita, vidão!

Vamos deixá-los lá, sossegados, trocando sabores até percebermos que já temos líquido o suficiente pra podermos misturar com o molho de tomate. E se já tiver, então é só colocar molho de tomate por cima da galera, só pra dar uma corzinha. Mas lembrando que não pode mexer com colher, com garfo, nada disso!

O molho de tomate vai se incorporar sozinho na mistura.

SAM_8885

Deixe cozinhando por mais uns minutos e depois adicione os camarões e o restante das colheres de azeite de dendê! – Ai que fome!

SAM_8887

Na maiora das receitas, eles dizem pra colocar os camarões junto com o peixe, mas isso não dá muito certo! Os camrões também cozinham demais e encolhem muito! Desse jeito você cozinha no tempo certo e eles não ficam borrachudos. Pra mim funciona melhor assim!

SAM_8888

Quando todo o caldo estiver cobrindo o pessoal ( se não estiver o suficiente, você pode adicionar um pouquinho de água e cozinhar um pouco mais) é porque chegou a hora de adcionar o leite de côco.

Apenas despeje por cima da Moqueca e deixa ele lá tranquilo, não mexa nele não.

Nessa hora você também pode provar a quantidade de sal e se necessário adicionar um pouqinho mais.

Apenas salpique por cima da Moqueca e deixe os sabores se entenderem.

E por último mas com extrema importância, salpique o coentro picado na Moqueca, tampe a panela e deixe cozinhar por no máximo 3 ou 5 minutos, porque o leite de côco nao pode ferver ou cozinhar demais.

SAM_8890

E o resultado final é essa côrra linda da mamãe aí!

Fica muito bom servir com arroz branco e uma farofinha, viu?

Pelo menos foi isso que fiz, mas não deu tempo de tirar foto do prato pronto, porque tava todo mundo com muita fome!

Essa é a minha adaptação, a minha forma de fazer Moqueca pra quem não tem tanta experiência em fazer esses pratos mais complicadinhos. E pra mim deu certo, gente!

Fui mudando uma coisa ali, outra aqui e achei um modo que conseguisse fazer uma Moqueca gostosa o suficiente pra matar a saudade de casa e da minha Mainha!

Espero que vocês gostem e quem fizer me manda foto e me diz o que achou que vou ficar toda boba!

Um beijo bem grande e um ótimo fim de semana !

Como eu tô me sentindo depois de ter feito essa receita! huahuahuahau
Como eu tô me sentindo depois de ter feito essa receita! huahuahuahau
Anúncios

23 comentários sobre “Na Panela: Moqueca para iniciantes

  1. Silvia Lira 17 de outubro de 2013 / 15:02

    Rindo alto com essa montagem da Ana Maria Braga!!!!!! 😀

    Curtir

    • pammiksch 17 de outubro de 2013 / 15:04

      Hahahahaahahahaha!

      Ficou hilária mesmo!
      Tem dia que nem eu me aguento, Silvia!
      Beijos

      Curtir

  2. Claudia San 17 de outubro de 2013 / 15:30

    Legal! Melhor receita impossivel, ainda mais já tendo sido aprovada =)
    Beijao

    Curtir

    • pammiksch 17 de outubro de 2013 / 16:13

      Clau tava aqui no dia, né?
      Fiquei muito feliz que vocês gostaram!
      Próxima vez vamos fazer outras delícias!
      Beijos =*

      Curtir

  3. Sueli 17 de outubro de 2013 / 16:02

    Nossa deu água na bocaaaaa, ficou lindo o prato e deve ter feito muito sucesso.
    Parabéns Pamela Braga kkkkkk. Ficou muito legal esse post, você escreve muito bem e tem um tom cômico. E aguardo as dicas do curso de alemão em 2015 quero ir para ai mas ainda não sei bem em qual cidade. Bjsss

    Curtir

    • pammiksch 17 de outubro de 2013 / 16:16

      Brigada Sueli!
      Pode deixar que essa semana já vou postar sobre os estudos!
      Quando decidir qual cidade você vai ficar aqui, me avisa!
      Quero muito te ver!
      Beijão

      Curtir

  4. Juliana Alves 17 de outubro de 2013 / 17:35

    É aquele tipo de comida que você faz e eu não gosto, mas mesmo assim não deixo de ser o seu Loiro José ;~~

    Curtir

  5. bebis.ray 17 de outubro de 2013 / 19:18

    Tudo bem por aqui, fora a barriga neh! Haha…
    Adorei! O post me inspirou, acabei de vir cm coisas do mercado p fzr uma junta supimpa cm o bebis e cm a trilha sonora dos róbitches haha… é bm inspirador! Na prox a gnt vai de moqueca e ó, acho q tomate é fruta sim, ein XD
    Amora, um beijaaaaao e poste mais receitas, por favor! Vc sab cm sua miga é na cozinha! Haha… Smack 🙂

    P.s. o pano de prato nosso da lagerhaus de cada dia é lindo. O meu ta aqui ❤

    Curtir

    • pammiksch 18 de outubro de 2013 / 11:30

      Ah, mas a barriga vai melhorar! TEM que melhorar!
      Eu usava essas musiquinhas pra limpar a casa antigamente, mas parei porque me deixava distraída! hahahaha
      Faz a Moqueca sim, sem camarão, porque eu sei que você não gosta! Depois me conta o resultado!
      Tô vendo outras receitas pra postar aqui, xá comigo!
      Esses paninhos sao uma lindeza, devia ter comprado mais! Fué! hahahahaha

      Beijos ❤

      Curtir

  6. Juliana Castro 18 de outubro de 2013 / 1:14

    Que delíííííííííciaaa!! Amei o post e a montagem rsrs!! Beijos!

    Curtir

    • pammiksch 18 de outubro de 2013 / 11:30

      Brigada Ju!
      Quando você estiver do lado de cá, vamos fazer também!
      Beijos

      Curtir

  7. Ana 18 de outubro de 2013 / 11:13

    uahauaha adorei a montagem! e a receita também! 🙂

    Curtir

    • pammiksch 18 de outubro de 2013 / 11:34

      Hahahahaha! Minha montagem hipertosca!
      Mas que bom que garanti umas risadas por aqui! hahahaha
      Depois faz a Moqueca amiga! Fica muito boa!
      Beijão
      =**

      Curtir

  8. Ana 18 de outubro de 2013 / 11:16

    eu sempre te segui, daí agora fui procurar você na minha lista de blog e cadê?!!! o que será que aconteceu? :/

    Curtir

    • pammiksch 18 de outubro de 2013 / 11:32

      Eu nao sei Ana! =(
      Isso já conteceu comigo algumas vezes em outros blogs também!
      Eu tô sempre olhando minha lista pra ver se tá tudo certo!
      Chato isso, né?

      Curtir

  9. Renata Montenegro 20 de outubro de 2013 / 21:39

    Gente tudo que eu queria comer hojeeeeeeeeeeeeeeee!
    Que delícia eu AMO moqueca (embora não seja muito fã do azeite de dendê, hehe), mas tudo que envolve peixe tô morrendo de amores!

    Nunca fiz, acho que misturinha assim do mar eu só fiz aquele que tem lula, marisco… que não lembro o nome, haha! E gosto também daquele que não vai o leite de coco, só os peixes e molho.

    Tô morrendo de vontade de arriscar! Aia ai Paaaaaaaam, quase “nhacquei” a tela do pc de ROOONC que meu estômago fez agora xD

    Bjs sua prendada!

    Curtir

    • pammiksch 20 de outubro de 2013 / 22:32

      Hahahahahaha! Eu libertei minha Pamela Maria Braga interior!
      Re, faz sem dendê, aí você vai pro lado capixaba da coisa! Minha mãe vai ficar feliz! hehehe
      Eu também amo peixe, qualquer coisa de peixe, até pirão, que é só o caldinho com farinha, eu gosto!
      Arrisca sim, porque a receita não muda! A única coisa é respeitar essa coisa de não mexer enquanto tá cozinhando!
      Escolhe os ingredientes que você mais gosta e experimenta!
      Depois me conta se deu certo! xD
      Com certeza vai ficar maravilindo, porque você também tem o dom Vitrola Maria Braga!

      Muitos beijos, Re!

      ***Agora também fiquei com fome! Hahahaha

      Curtir

  10. Lola Maria 2 de novembro de 2013 / 22:00

    Menina que é isto?
    Olha tirando o camarão que sou alérgica e o azeite de dende, já to com a boca cheia d’agua.. aff…
    Parabéns!!! Escuta tu trouxe uma panela de barro para a Alemanha? Como conseguiu esta proeza?
    Beijos
    Lola

    Curtir

    • pammiksch 2 de novembro de 2013 / 22:19

      Oi Lola!
      Pode fazer a moqueca sem camarão, fica bom do mesmo jeito! Lecker!
      Que bom que você gostou! A Panela Maria Braga aqui fica muito feliz!
      Eu nao trouxe panela de barro não, fiz numa panela de teflon velha que herdei da sogra! Mas se você conseguir alguma, faz na panela de barro que fica ainda melhor!
      Brigada pela visita aqui na Panela, fico muito feliz!
      Já tô indo agora dar uma espiada no seu!
      Beijos!!

      Curtir

  11. Cassia 15 de dezembro de 2013 / 18:42

    Eu amor moqueca,, comprei dende uma vez que fui a Portugal e o sabor é delicioso. Neta de baianos e com uma fome em tudo adoro pratos da Bahia, alias do mundo inteiro

    Curtir

    • pammiksch 15 de dezembro de 2013 / 20:56

      Eita, terra boa hein!
      Que delícia!
      Eu adoro Moqueca e comida nordestina em geral!
      Aliás, acho que concordo com você, quando digo que gosto de comida do mundo inteiro!

      Curtir

  12. Regina 15 de novembro de 2015 / 18:47

    Amei a forma como vc postou essa receita, clara e divertida, vou fazer. Bjo.

    Curtir

Fala que eu te escuto ( e respondo também)!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s